Litro da gasolina passa dos R$ 8 em Marechal Thaumaturgo e morador reclama: ‘preço abusivo’

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram

Na cidade de Marechal Thaumaturgo, distante 559 km de Rio Branco, o litro de gasolina é vendido por R$ 8,40. O município, com pouco mais de 19 mil habitantes, é um dos quatro isolados do estado e tem o rio como sua principal via de acesso.

O professor de educação física Michel Geovani de Souza Silva, que trabalhava no projeto “Asas da Florestania”, que leva educação às comunidades da zona rural do Acre, contou que chegou a gastar mais de R$ 200 por mês somente com gasolina para poder trabalhar. É que para chegar em algumas comunidades que ele trabalhava era preciso usar seis litros de gasolina por mês para ir e voltar e outras mais de 20 litros.

“Eu acho um preço abusivo, imagina para os ribeirinhos que moram longe e têm que se locomover até o município para levar suas produções o gasto que não tem. Fica difícil porque aqui tudo é mais complicado”, reclamou o morador.

Em Rio Branco, capital do estado, a gasolina está custando em média R$ 6,20 o litro. Já na cidade de Santa Rosa do Purus, que também é uma das cidades isoladas no Acre, o litro da gasolina está R$ 7,20. Em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade acreana, o valor médio da gasolina é de R$ 6,89.

Reajustes

No último dia 15, a Petrobras tinha anunciado um reajuste nos valores do diesel e da gasolina. Na ocasião, os preços do diesel foram elevados em 3,8%, enquanto a gasolina subiu 1,9%. Esse foi o sétimo aumento somente este ano.

Já nessa sexta (30), a Petrobras informou que vai reduzir o preço médio do litro do diesel e da gasolina nas refinarias a partir deste sábado (1º), o que marca o primeiro reajuste desde a posse do novo presidente da empresa, o general Joaquim Silva e Luna.

Com isso, os preços médios nas refinarias serão de R$ 2,59 por litro para a gasolina (queda de 1,9% ou redução de 5 centavos) e de R$ 2,71 por litro para o diesel (queda de 1,8% ou redução de 6 centavos por litro).

Apesar da redução dos preços a partir deste sábado, os combustíveis acumulam forte aumento no ano. Na parcial de 2021, a gasolina subiu 40,7% nas refinarias e o diesel aumentou 34,1%. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.

  • G1