Em Cruzeiro do Sul, estelionatário é preso acusado de vender tijolos por encomenda e emitir notas fiscais falsas

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram

O crime foi denunciado na delegacia geral de policia civil de Cruzeiro do Sul, onde o estelionatário passava em locais onde haviam construções, oferecendo a um preço bem mais baixo do valor de mercado, milheiros de tijolos que supostamente teriam sido comprados em olarias, sendo que o mesmo havia ficado com as notas fiscais para pegar depois.


A pessoa que estava construindo se empolgava com o baixo valor do produto e na hora comprava pela nota, sem confirmar na cerâmica se havia procedência. Segundo investigações, desde o ano passado os atos eram cometidos.
Na tarde desta quinta-feira, 29, a casa caiu para o criminoso, já que o mesmo foi preso pela polícia civil. “Nesta ação, o estelionatário utilizava vários nomes falsos das notas. Ocorre que quando a vítima ia descontar essa nota, não existia esse tijolo na cerâmica. Então fica aí esse alerta pra que se houver outras vítimas desse indivíduo, que procure a polícia civil, pois graças a essa ação, nossos policiais conseguiram prendê-lo em flagrante delito, quando ele estava cometendo mais uma vez este crime”, revelou o delegado Everton Carvalho.
Pelo menos 6 pessoas denunciaram o golpe na delegacia geral. O infrator que não teve o nome revelado, foi encaminhado ao presídio de Cruzeiro do Sul.

Várias notas

Juruá Online